Total de visualizações de página

quarta-feira, 3 de julho de 2013

MÉTODO TOP DOWN

Do inglês de cima para baixo,  é um método para criar blusas começando pela gola até o cós, com manga estilo raglan (esse corte reto, diagonal)
Toda a receita é baseada em proporções. Primeiramente é preciso dividir a gola em quarto partes, que são: manga direita, frente, manga esquerda, costas. Como regra geral, as proporções são, respectivamente: 15%, 35%, 15%, 35%.
Para um casaco fechado : 15% 35% 15% 35%.
Para o casaco aberto : 16% 15% 35% 15% 16% 
É possí­vel ainda ter uma variação da porcentagem nas mangas. Pense que pessoas mais magras, com braços mais finos, precisam de mangas mais estreitas. Pessoas com busto mais avantajado precisa de mais pontos nessa região. Leve isso em conta na hora de dividir os pontos.
Para saber quantos pontos você precisa para começar a tricotar, relembramos a lição que nós mesmas ensinando aqui no site, a partir de uma amostra, aplicando a regra de 3. Meça quantos centí­metros tem a circunferência da gola desejada, aplique a regra e você obterá o número de pontos.
Tamanho 38
Material para fazer a blusa da foto
5 novelos de Giorgio ou Flama da Aslan ou mais, depende do tamanho escolhido Pulover top down
1 agulha circular de 7mm (ou duas para substituir as agulhas de duas pontas*)
* 1 conjunto de agulhas de duas pontas 7mm
4 marcadores
2 pedaços de fio ou 2 alfinetes auxiliares
Pontos utililzados
Jersey – tricotar sempre em meia na agulha circular ou meia no direito e tricô no avesso usando agulhas retas.
Obs: As mangas também podem ser costuradas, basta tricotar com agulhas retas (adicionando 2 pontos de borda, 1 de cada lado) e depois costurar.
Como fazer
Depois de fazer todas as contas explicadas acima, na introdução desta receita, chegamos ao total de 60 pontos, que devem ser distribuídos conforme a regra acima (15% + 35% + 15% + 35%), da seguinte forma:
Tricote 11 pontos em meia; coloque um marcador no próximo ponto e tricote-o; tricote 17 pontos; coloque um marcador no próximo ponto e tricote-o; tricote 11 pontos; coloque um marcador no próximo ponto e tricote-o; tricote 17 pontos.
Você marcou quatro seções que serão:
11 pontos – ombro e mangas
17 pontos – costas
11 pontos – ombro e mangas
17 pontos – frente
Tricote em ponto jersey sempre aumentando 1 ponto antes e 1 ponto depois do ponto marcado em carreiras alternadas. Os aumentos com laçada deixam os buraquinhos como aparece na foto. É possí­vel utilizar outros tipos de aumento a seu critério.
Continue tricotando e aumentando até chegar na altura da axila, mas sem encostar embaixo do braço.
Neste ponto, tricote os pontos referente ao corpo, passe os pontos das mangas para um pedaço de fio ou alfinete auxiliar e levante o equivalente a lateral do corpo da pessoa, que pode variar se a pessoa é mais ou menos magra, tem mais ou menos busto. No modelo em questão, verificamos que a lateral da dona desta blusa é de cerca de 6cm, o que, em nosso caso, deu cerca de 8 pontos.
Isso é importante, pois, sem esses pontos na lateral, a manga ficaram repuxando e o caimento não será bom.
Depois de levantar os 8 pontos debaixo do braço, tricote as parte das costas, passe os pontos da outra manta para um pedaço de fio ou alfinete auxiliar e repita a operação de levantar os pontos debaixo do outro braço, cujo número deve ser igual ao que foi levantando antes para a blusa não ficar torta.
Feche o circulo e continue tricotando circularmente até chegar na cintura ou tamanho desejado. Arremate.
Mangas
Agora vamos trabalhar os pontos que você deixou na espera.
Coloque os pontos de uma das mangas de volta a uma agulha circular ou jogo de 5 agulhas com a mesma espessura que você vinha trabalhando. Em seguida, levante também os pontos que você havia criado para as laterais do corpo (no nosso caso, foram 8). Se você perceber que a distância entre os pontos da manga e os pontos do corpo é muito grande, levante mais alguns, para que não fique buraco. IMPORTANTE: levante sempre a mesma quantidade de pontos de cada lado para que a manga não fique torta!!!!
Marque o ponto do meio em baixo do braço. As diminuições serão feitas sempre um ponto antes e um ponto depois do ponto que foi marcado. Comece as diminuições quando a manga estiver na meio do bí­ceps.
QUANTO DIMINUIR: de novo, precisamos fazer regrinha de três para saber. Tire a medida do punho e a distância do iní­cio da manga até o comprimento desejado. Veja quantas carreiras dá isso….. Bem, essas contas todas você encontra aqui.
Ao chegar no comprimento almejado, arremate.
Repita o mesmo procedimento para a outra manga.
disponível:www.tricoteiras.com/?p=366

Nenhum comentário:

Postar um comentário